CRIATIVO TAMBÉM ENTENDE DE NEGÓCIO?

 

Empreendedores criativos existem. Na verdade, a criatividade é uma característica bem importante para quem quer construir uma empresa do zero e geri-la com sucesso. Mas e o contrário? Criativo que entende de business é mesmo um animal raro na selva dos negócios?

 

Quem fervilha de ideias, em geral, tem uma mente caótica, subjetiva – algo que conflita com a organização e o planejamento.

 

Uma cabeça voltada para a arte também pode sentir dificuldade na hora da captação e administração de recursos, da busca por oportunidades.

 

Mas existe gente por aí para provar que é possível. O publicitário Washington Olivetto foi o criador de algumas das propagandas mais memoráveis da história da publicidade brasileira. Cedo na carreira, ele resolveu montar sua própria agência e mantem-se até hoje entre as grandes por meio de parcerias e fusões bem-sucedidas. Hoje preside a WMcCann.

 

Em outro tempo, Charles Chaplin também foi um ator e cineasta brilhante que soube ser arrojado nos negócios. Ao lado de outros artistas – Douglas Fairbanks, Mary Pickford e D.W Griffith – , fundou a United Artists, primeira produtora de cinema independente de Hollywood, que descentralizou a produção polarizada pelos grandes estúdios milionários. A UA foi responsável por sucessos como “Tempos Modernos” e “O Grande Ditador”.

 

Serão gênios ou apenas criativos que souberem treinar o foco para os negócios?

Please reload

ARQUIVO
Please reload

VAMOS NOS CONHECER MELHOR?

Conecte-se, prometemos não encher o seu e-mail.

 

© Copyright 2020 opend. Todos os direitos reservados.